Arquivo da tag: Paulo Roberto Costa

Os Reis do “Lava-Jato”

Reis-Lava-Jato

A Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, expôs operações que fazem o Mensalão parecer roubo de pote de manteiga na venda da esquina.

Além das relações suspeitas entre o Deputado Federal Andre Vargas (PT/PR), o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em um esquema de compra de funcionários públicos, fraude, lesão ao Ministério da Saúde (MS) e corrupção ativa, que teria facilitado a obtenção de contratos fraudulentos com o MS e a Petrobras, outras relações começam a surgir.

A revista Veja descobriu que 121 parlamentares receberam R$29,7 milhões de 18 grupos ligados ao escândalo da MO Consultoria, empresa de fachada de Youssef, utilizada para repassar propinas de empresas fornecedoras da Petrobras à políticos e funcionários que facilitariam a obtenção de contratos com a estatal. Os 121 parlamentares estariam entre os beneficiários de tal esquema. Ao todo são 96 deputados e 25 senadores.

Engraçado como o nome de André Vargas não aparece na lista da Veja como um dos recebedores dos recursos de tais empresas, contudo, aparece nas investigações como recebedor de recursos do próprio Youssef. Agora, adivinhem quais são os principais recebedores desses recursos, entre os 121 parlamentares? Difícil? Então aqui vai: 1ª – Senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) com R$2.420.000,00; 2º – Senador Lindbergh Farias (PT/RJ) com R$2.300.000,00 e 3º – Senador Humberto Costa (PT/PE) com R$1.530.000,00. Só esses três receberam para suas campanhas em 2010 aproximadamente R$6.250.000,00 (R$6.25 milhões) de empresas envolvidas no esquema de Youssef.

As duas principais “financiadoras” de tais parlamentares, que repassaram mais recursos à MO Consultoria, de Youssef e Paulo Roberto Costa, são as empreiteiras Camargo e Corrêa e OAS, com respectivamente R$12.145.000,00 e R$5.243.000,00 cada. No caso da Camargo e Corrêa as suspeitas são de que R$7.9 milhões foram repassados através do esquema de Youssef e Costa.

Gleisi Hoffmann (também pré-candidata ao Governo do Paraná) é a “Rainha das Empreiteiras”, tendo recebido R$1 milhão da Camargo e Corrêa e R$780 mil da OAS para sua campanha de 2010. Também é a que tem envolvimento com maior número de empresas investigadas pela Operação Lava-Jato, ao lado de Lindbergh Farias. O Ministro da Comunicações, Paulo Bernardo, marido de Gleisi, também é suspeito de possuir relações escusas com as empreiteiras.

Não custa também lembrar que André Vargas foi o coordenador de campanha de Paulo Bernardo à Câmara em 1998 e era o atual coordenador da campanha de Gleisi ao Palácio Iguaçu, antes de iniciarem investigações e ser afastado pela senadora.

No total, entre 2006 e 2012 foram repassados R$856 milhões para partidos e candidatos pelas empresas sob investigação e que participaram do esquema da MO Consultoria. Perto disso, o Mensalão não passa de furto de galinha.

Roberto Lacerda Barricelli é Jornalista

Fontes:

Ucho.Info – http://ucho.info/gleisi-hoffmann-foi-quem-mais-levou-dinheiro-de-empresas-investigadas-na-operacao-lava-jato

Veja – http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/fornecedores-da-petrobras-financiaram-campanha-de-121-parlamentares-em-atividade

Revista Exame – http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/o-marido-paulo-bernardo-doou-r-15-mil-a-campanha-da-esposa-gleisi

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

As perigosas relações de Gleisi Hoffmann

gleisi-vargas-gaievski

A ex-ministra Chefe da Casa Civil e atual pré-candidata ao Governo do Paraná, a Senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR), não sabe escolher seus assessores, ou sente-se tão “intocável”, que não liga em escolher as piores relações possíveis.

Começou com Eduardo Gaievski (PT/PR), sua pior escolha até agora, pois conseguiu colocar um indivíduo que hoje é acusado de 40 crimes sexuais, sendo 28 contra menores e, destes, 14 contra vulneráveis (menores de 14 anos), para trabalhar na sala ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT) e ainda por cima como responsável pelas políticas da Presidência da República para Jovens e Adolescentes. É como colocar o lobo para cuidar dos cordeiros.

Ainda por cima, os irmãos de Gaievski possuem mandados de prisão expedidos, seu filho está preso e seu melhor amigo, da época como Prefeito de Realeza (PR), também. Todos por tentativa de coerção e suborno de testemunhas. Seu filho é namorado da filha do prefeito atual de Realeza, o qual Gaievski ajudou a eleger e que mandou despejar de um “terreno público” um senhor que se recusou a retirar a queixa contra Gaievski, pelo estupro de sua neta.

Não satisfeita, escolheu o deputado federal André Vargas (PT/PR) como coordenador de sua campanha ao Governo do Paraná, para depois ter que afastá-lo pelo envolvimento deste com o doleiro Alberto Youssef e o ex-Diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em fraudes investigadas pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. O doleiro e o Costa estão presos, enquanto André Vargas ameaça abrir a boca caso não receba ajuda do Partido dos Trabalhadores, que recuou a ideia de jogá-lo aos leões depois de tais falas.

Vargas, Youssef e Costa são investigados por atuar na obtenção de contratos fraudulentos com o Ministério da Saúde, a Petrobras e outras estatais, além do pagamento de propinas a funcionários públicos e a políticos. No total, a turma teria movimentado ilicitamente R$10 bilhões. Entre esses contratos estão situações muito suspeitas, como a MO Consultoria, de Youssef, recebendo mais de R$34 milhões de nove fornecedores da Petrobras, sendo tal empresa apenas de fachada e investigada por corrupção ativa, ao repassar propinas.

Há também o contrato assinado a convite (?) de uma empresa, a Ecoglobal Ambiental, e sua filial nos Estados Unidos, a Ecoglobal Overseas, com a Petrobras. Ambas assinaram contrato de R$443,8 milhões, para depois venderem 75% de suas ações por R$18 milhões, para Youssef e Paulo Roberto Costa. Pois é, incrível!

Gleisi Hoffmann não pode dizer que desconhecia esse lado de André Vargas, nem mesmo de Youssef e sua relação com o primeiro, pois em 1998 ambos foram indiciados por desvio de R$14 milhões da Prefeitura de Londrina (PR) para abastecer o caixa 2 da campanha à Deputado Federal do atual Ministro das Comunicações (e marido de Gleisi) Paulo Bernardo.

Qual será o próximo passo? Colocar o Fernandinho Beira-Mar no Ministério da Defesa, ou em uma Secretaria de Políticas contra as Drogas? Desse jeito o único lugar ao qual Gleisi chegará é a lista negra do próprio PT, na qual já estão seus companheiros Gaievski e Vargas.

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

G1 Política – http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/deputado-andre-vargas-renunciara-ao-mandato-informa-assessoria.html

G1 Política –http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/andre-vargas-atuou-com-doleiro-por-contrato-com-ministerio-diz-revista.html

Blogs – Estadão –http://blogs.estadao.com.br/fausto-macedo/policia-federal-indicia-46-investigados-da-operacao-lava-jato/

G1 Política –http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/vargas-recua-e-desiste-de-entregar-carta-de-renuncia-diz-assessoria.html

Folha de São Paulo –http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/04/1439147-pf-cumpre-21-mandados-de-prisao-na-2-fase-da-operacao-lava-jato.shtml

Site do Fabio Campana – http://www.fabiocampana.com.br/2014/04/chantagens-e-mentiras-andre-vargas-na-veja/

Ucho Info – http://ucho.info/andre-vargas-manda-duros-recados-ao-pt-e-ameaca-contar-o-que-sabe-sobre-gleisi-e-paulo-bernardo

Ucho Info – http://ucho.info/pt-adota-discurso-embusteiro-e-malandro-para-tentar-salvar-o-enrolado-andre-vargas-e-o-proprio-partido

Ucho Info – http://ucho.info/conselho-de-etica-da-camara-abre-processo-para-investigar-andre-vargas-que-nao-pode-mais-renunciar

Ucho Info – http://ucho.info/doleiro-preso-lavou-dinheiro-para-o-marido-de-gleisi-a-mando-de-andre-vargas-aponta-o-mp-do-parana

Estadão Política – http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,escandalo-ja-unia-parlamentar-e-doleiro-em-1998,1151170,0.htm

Ucho Info –http://ucho.info/?s=Gaievski&x=0&y=0

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized