Arquivo da tag: Eduardo Gaievski

As perigosas relações de Gleisi Hoffmann

gleisi-vargas-gaievski

A ex-ministra Chefe da Casa Civil e atual pré-candidata ao Governo do Paraná, a Senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR), não sabe escolher seus assessores, ou sente-se tão “intocável”, que não liga em escolher as piores relações possíveis.

Começou com Eduardo Gaievski (PT/PR), sua pior escolha até agora, pois conseguiu colocar um indivíduo que hoje é acusado de 40 crimes sexuais, sendo 28 contra menores e, destes, 14 contra vulneráveis (menores de 14 anos), para trabalhar na sala ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT) e ainda por cima como responsável pelas políticas da Presidência da República para Jovens e Adolescentes. É como colocar o lobo para cuidar dos cordeiros.

Ainda por cima, os irmãos de Gaievski possuem mandados de prisão expedidos, seu filho está preso e seu melhor amigo, da época como Prefeito de Realeza (PR), também. Todos por tentativa de coerção e suborno de testemunhas. Seu filho é namorado da filha do prefeito atual de Realeza, o qual Gaievski ajudou a eleger e que mandou despejar de um “terreno público” um senhor que se recusou a retirar a queixa contra Gaievski, pelo estupro de sua neta.

Não satisfeita, escolheu o deputado federal André Vargas (PT/PR) como coordenador de sua campanha ao Governo do Paraná, para depois ter que afastá-lo pelo envolvimento deste com o doleiro Alberto Youssef e o ex-Diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em fraudes investigadas pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. O doleiro e o Costa estão presos, enquanto André Vargas ameaça abrir a boca caso não receba ajuda do Partido dos Trabalhadores, que recuou a ideia de jogá-lo aos leões depois de tais falas.

Vargas, Youssef e Costa são investigados por atuar na obtenção de contratos fraudulentos com o Ministério da Saúde, a Petrobras e outras estatais, além do pagamento de propinas a funcionários públicos e a políticos. No total, a turma teria movimentado ilicitamente R$10 bilhões. Entre esses contratos estão situações muito suspeitas, como a MO Consultoria, de Youssef, recebendo mais de R$34 milhões de nove fornecedores da Petrobras, sendo tal empresa apenas de fachada e investigada por corrupção ativa, ao repassar propinas.

Há também o contrato assinado a convite (?) de uma empresa, a Ecoglobal Ambiental, e sua filial nos Estados Unidos, a Ecoglobal Overseas, com a Petrobras. Ambas assinaram contrato de R$443,8 milhões, para depois venderem 75% de suas ações por R$18 milhões, para Youssef e Paulo Roberto Costa. Pois é, incrível!

Gleisi Hoffmann não pode dizer que desconhecia esse lado de André Vargas, nem mesmo de Youssef e sua relação com o primeiro, pois em 1998 ambos foram indiciados por desvio de R$14 milhões da Prefeitura de Londrina (PR) para abastecer o caixa 2 da campanha à Deputado Federal do atual Ministro das Comunicações (e marido de Gleisi) Paulo Bernardo.

Qual será o próximo passo? Colocar o Fernandinho Beira-Mar no Ministério da Defesa, ou em uma Secretaria de Políticas contra as Drogas? Desse jeito o único lugar ao qual Gleisi chegará é a lista negra do próprio PT, na qual já estão seus companheiros Gaievski e Vargas.

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

G1 Política – http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/deputado-andre-vargas-renunciara-ao-mandato-informa-assessoria.html

G1 Política –http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/andre-vargas-atuou-com-doleiro-por-contrato-com-ministerio-diz-revista.html

Blogs – Estadão –http://blogs.estadao.com.br/fausto-macedo/policia-federal-indicia-46-investigados-da-operacao-lava-jato/

G1 Política –http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/vargas-recua-e-desiste-de-entregar-carta-de-renuncia-diz-assessoria.html

Folha de São Paulo –http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/04/1439147-pf-cumpre-21-mandados-de-prisao-na-2-fase-da-operacao-lava-jato.shtml

Site do Fabio Campana – http://www.fabiocampana.com.br/2014/04/chantagens-e-mentiras-andre-vargas-na-veja/

Ucho Info – http://ucho.info/andre-vargas-manda-duros-recados-ao-pt-e-ameaca-contar-o-que-sabe-sobre-gleisi-e-paulo-bernardo

Ucho Info – http://ucho.info/pt-adota-discurso-embusteiro-e-malandro-para-tentar-salvar-o-enrolado-andre-vargas-e-o-proprio-partido

Ucho Info – http://ucho.info/conselho-de-etica-da-camara-abre-processo-para-investigar-andre-vargas-que-nao-pode-mais-renunciar

Ucho Info – http://ucho.info/doleiro-preso-lavou-dinheiro-para-o-marido-de-gleisi-a-mando-de-andre-vargas-aponta-o-mp-do-parana

Estadão Política – http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,escandalo-ja-unia-parlamentar-e-doleiro-em-1998,1151170,0.htm

Ucho Info –http://ucho.info/?s=Gaievski&x=0&y=0

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O constrangedor silêncio de Maria do Rosário (2) – Dois pesos e duas medidas

GLEISI-GAIEVSKI-MARIA1

Em 28/03/2012, Maria do Rosário, secretária de Direitos Humanos da Presidência da República, se manifestou contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que inocentou um acusado de estupro de vulneráveis (menores de 14 anos) através de um julgamento relativista, reforçado pela decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, em 1996, quando relator do processo de habeas corpus de um acusado (pelo mesmo crime).

Na ocasião Marco Aurélio Mello disse que presunção em estupro de menores de 14 anos é relativa: “Confessada ou demonstrada o consentimento da mulher e levantando da prova dos autos a aparência, física e mental, de tratar-se de pessoa com idade superior a 14 anos, impõe-se a conclusão sobre a ausência de configuração do tipo penal”. Resumindo, para Marco Aurélio Mello uma lei que define como estupro de vulnerável o ato sexual com menores de 14 anos, independentemente do consentimento, deve ser desrespeitada. Uma lei que não dá margem a essa interpretação foi rasgada ao meio pelo Ministro do STF.

Voltando a Maria do Rosário, esta se mostrou indignada com a decisão e afirmou: “Ao afirmar essa relativização usando o argumento de que as crianças de 12 anos já tinham vida sexual anterior, a sentença demonstra que quem foi julgada foi a vítima, mas não quem está respondendo pela prática de um crime”.

Contudo, a indignação da secretária da SDH/PR parece ser tão relativa quanto o estupro de vulneráveis é para Marco Aurélio Mello; como se servisse apenas quando o acusado não é um “companheiro”. Não, pelo visto, para ela “todos são iguais perante a lei” é muito relativo.

Se não fosse assim, Maria do Rosário se manifestaria sobre o caso de Eduardo Gaievski (ex-assessor da Presidência da República para {ironicamente} políticas voltadas a juventude [crianças e adolescentes]) e demonstraria a mesma indignação, ou ainda maior, pois se trata de alguém que estava ligado à presidência e indicado por sua “companheira” Gleisi Hoffmann (PT), Ministra da Casa Civil, para o cargo. Gaievski assumiu ter feito sexo com vulneráveis, aparece em áudio se gabando disso e têm familiares (filho e irmãos), além de um colega (da administração da prefeitura de Realeza/PR, cidade da qual foi prefeito e ajudou a eleger o atual), presos por tentar comprar, intimidar e coagir testemunhas.

Mas não, Maria do Rosário não se manifestou, nem mostrou indignação com o caso do “companheiro” (também é do PT), assim como a Ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT) não se manifesta e ainda tentar censurar quem o faz (como o editor do site Ucho Info) para evitar que o caso respingue em sua campanha ao Governo do Paraná.

Ora, secretária, dois pesos e duas medidas? Condena o relativismo sobre o assunto e o relativiza quando é de seu interesse? Não mês espanta, mas entristece. Não fico espantando, pois esse é o modus operandi da trupe dos direitos humanos e dos “revolucionários” da esquerda. Sempre relativizando e utilizando dois pesos e duas medidas.

Posso citar como exemplo este fato: a esquerda propõe soluções ruins que agravarão problemas criados pelo Estado, quando isso ocorre, mudam o discurso para fingir uma vitória inexistente. Por exemplo, o próprio estupro. Se ocorrer com mulheres brancas, então nem se lamenta, se o estuprador for negro, então ele é a vítima, pois as mulheres negras são as únicas cujo estupro deve ser condenado. Isso na mente dessa esquerda carnívora e mentirosa, que adora incitar uma guerra entre classes. Um exemplo prático? A declaração do ex-Pantera Negra, Eldridge Cleaver, de que estuprar mulheres brancas é um mérito revolucionário. Claro, pois como políticas esquerdistas de incitação o ódio racial (como as cotas e direitos especiais para criminosos de acordo com a cor de sua pele e situação social) tiveram como um de seus resultados o aumento de estupros contra mulheres brancas, então, ao invés de assumir o fracasso e combater o estupro, comemora-se o fato de que o estupro contra brancas aumentou, dando a entender que antes só ocorria com as negras e que agora ocorrer também com as brancas é uma vitória “revolucionária”.  O correto é afirmar: todo estupro está errado, é hediondo e ponto, não importa contra quem ocorra.

O que diria Maria do Rosário sobre um de seus “coitadinhos” bandidos que estuprassem? Que o estupro é culpa da opressão das malditas brancas capitalistas malvadas da elite fascista e racistas que se recusam a fazer sexo com os pobres, os feios e os negros? Culpa do estereótipo de beleza burguês? Ora, desde quando alguém é obrigar a faze sexo com outro(a)? Haverá cota para isso agora? Quer uma mulher? Então que tenha a capacidade de conquistar uma, sabendo que pessoa alguma é obrigada a reformular os próprios conceitos de beleza ou do que procuram em um(a) parceiro(a) só porque você é feio, pobre, negro, asiático, judeu, católico, evangélico, ou o que for. Você não consegue arrumar ninguém? O problema é seu, ninguém é obrigado a ficar contigo, assim como você não é obrigado(a) a ficar com ninguém.

O estupro é ilegítimo, pois inicia agressão contra outro e viola a propriedade mais “sagrada”, a propriedade sobre si mesmo. O indivíduo tem o direito de não fazer o que você quer e você não tem o direito de obrigá-lo a nada.

Outra prova da mentalidade dessa turma. Se um hétero (branco e/ou da “elite”; da classe média já basta) viola seus filhos, vulneráveis e/ou estupra uma mulher (desde que não seja branca, hétero e da mesma elite ou superior e militante da esquerda) é logo achincalhado e condenado. Claro que ele deve ser condenado e pagar caro pelo que fez e independente de sua cor, condição social, ideologia e gênero. Mas e se gays violam os próprios filhos e vulneráveis? Ora, no máximo uma nota ou rápida reportagem na mídia sem audiência alguma, pelo contrário. Acha preconceito meu? Homofobia? Querido(a), primeiro que estou defendendo que nenhum estupro é legítimo independente de quem o comete e contra quem é cometido. Segundo, pode verificar o que acabei de dizer nesses dois vídeos: https://www.youtube.com/watch?v=VDyYTZVPwBI&hd=1 e https://www.youtube.com/watch?v=juATpq-elWw e confira os comentários. Qual importância foi dada a esses casos? Nenhuma! Quem dos direitos humanos e da esquerda se indignou? Ninguém!

Confira este vídeo, veja quantos comentários teve (ainda bem que com repulsa): http://www.youtube.com/watch?v=VYnHkNx11i8. Mas sabe o que é pior, se você pesquisar no Facebook e pela internet sobre esse caso verá centenas (ou milhares até) de esquerdistas reclamando da atitude do marido e utilizando os argumentos que citei (eles sempre os usam) para amenizar o crime hediondo do “coitadinho”.

Obviamente que Maria do Rosário não tem nem como se manifestar sobre todo crime que ocorre no Brasil. Mas e aqueles que ganham espaço na mídia e entre os cidadãos? E quando envolve tráfico de influências, corrupção ativa e passiva, intimidação, estupro, violação sexual de vulneráveis, coação, compra de testemunhas e é cometido por alguém ligado ao governo? Não merece ser rechaçado e a demonstração da mesma indignação que a secretária demonstrou em 28/03/2012? Aí tudo bem, pois o acusado é de sua turma?

Quando bandidos serão tratados como bandidos, independentemente de cor, nacionalidade, gênero, posição social, posição política, etc, e respeitarão a Constituição Federal Brasileira, que pode não ser perfeita, mas que garante um conceito que todos devem respeitar: a igualdade perante a lei? Quando acabará o relativismo tendencioso e conveniente?

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

Empresa Brasil de Comunicação (EBC) – http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2012-03-28/para-maria-do-rosario-decisao-do-stj-sobre-estupro-de-vulneraveis-%E2%80%9Csignifica-constituir-um-caminho-de

Ucho Info:

1 – http://ucho.info/operacao-fracassada-para-libertar-gaievski-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-hoffmann-teria-utilizado-caixa-2

2 – http://ucho.info/decretada-prisao-de-irmaos-de-gaievski-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-por-coacao-de-testemunhas

3 – http://ucho.info/com-predilecao-por-assessores-enrolados-gleisi-indica-condenado-para-tesoureiro-do-pt-do-parana

4 – http://ucho.info/ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-pode-fazer-delacao-premiada-e-contar-o-que-sabe-sobre-o-caixa-2-do-pt

5 – http://ucho.info/entenda-porque-gleisi-hoffmann-a-incompetente-ministra-da-casa-civil-tenta-calar-o-editor-do-ucho-info

Alerta Total – http://www.alertatotal.net/2014/01/gleisi-hoffmann-pt-e-o-desespero-para.html

Portal do Olavo de Carvalho – http://www.olavodecarvalho.org/semana/02022002globo.htm

Youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=VYnHkNx11i8

https://www.youtube.com/watch?v=juATpq-elWw

https://www.youtube.com/watch?v=VDyYTZVPwBI&hd=1

Blog do Cançado – http://blogdocancado.com.br/maria-do-rosario-se-cala-diante-dos-inumeros-crimes-cometidos-pelo-pedofilo-petista-eduardo-gaievski/

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Eduardo Gaievski, arrogante e sem limites

Da série “O Monstro da Casa Civil”

Gaievski2

Não basta ser acusado de 40 crimes sexuais, sendo 26 estupros (17 contra menores de 14 anos), nem ter o filho e um comparsa presos por coação de testemunhas, formação de quadrilha e falsidade ideológica e os irmãos foragidos após terem mandados de prisão emitidos pelos mesmos crimes. Eduardo Gaievski tem que manter a pose, do alto de sua arrogância.

No começo de tudo, antes de ser preso, deu entrevista à revista Veja afirmando ser a verdadeira vítima, pois tudo não passaria de mentiras da oposição e de uma suposta mídia golpista (a mesma desculpa que todo criminoso esquerdista utiliza). Contudo, agora admite ter mantido relações sexuais com as vulneráveis (menores de 14 anos), porém, através de sua defesa, afirma que são prostitutas, pois aceitaram pagamento em troca dos favores sexuais. A tática além de absurda é burra, pois nos “pagamentos” estão as promessas de cargos na prefeitura de Realeza (PR) e a utilização da máquina pública.

Além de admitir ser pedófilo, ainda admite a utilização de sua posição à época e da máquina pública para obtenção dos “favores sexuais” das menores. Dupla condenação. Claro que ele deve ser punido por ambas, mas quero destacar que sua arrogância é tanta que pensa ser possível escapar de acusações mais graves assumindo crimes “menos graves”, mas nem passa por sua mente perturbada que pode ser condenado por ambos, pois um cometer crime não justifica o cometer outro crime.

A defesa de Gaievski também afirma que as meninas de 12 anos violentadas (entre suas vítimas) possuem “maturidade precoce” e poderiam se defender do estupro caso quisessem. Ora, mas mulheres bem mais velhas muitas vezes não conseguem se defender. Como garotas pobres, mirradas e de 12 anos se defenderiam de um homem adulto e bem mais forte? Elas por acaso portavam armas de fogo? Não! E mesmo assim, se portassem, não possuem estrutura para lidar com armamento.

Como uma criança de 5 anos se defenderia? Sim, pois Gaievski foi acusado por uma garota de 16 anos de ter feito sexo oral com uma criança de 5 anos. A menina de 16 anos era babá da criança de 5anos e estava com esta quando Gaievski a chamou para ir ao motel. Sabendo de que ela estava de babá da criança, o ex-assessor da Ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse: “Traga-a junto” e “convenceu” a criança a lhe fazer sexo oral.

Gaievski então resolveu tentar se denominar “preso político”. Parece que, desde que os mensaleiros tentaram utilizar tal tática, virou moda se denominar “preso político” de um Governo controlado pelo próprio partido há 11 anos. Mas o caso de Gaievski é ainda mais absurdo. Como pode o ex-prefeito de Realeza (PR) ser “preso político” quando o atual prefeito de Realeza (PR), onde ocorreram e foram investigados os crimes pelo Ministério Público, é Milton Andreolli (PT), que foi eleito graças à ajuda de Gaievski e cuja filha é namorada do filho do ex-assessor de Gleisi Hoffmann? Não há como convencer alguém com 1/15 de cérebro que Gaievski é um “preso político”.

Das 25 testemunhas da acusação, 24 reafirmaram os crimes cometidos e uma se contradisse ao mudar o depoimento anterior e dizer que não fez sexo com Gaievski, sendo desmentida por três outras garotas, pois o pedófilo gostava de fazer sexo com várias menores ao mesmo tempo e as meninas confirmaram a presença e participação dela.

É de embrulhar o estômago ler a entrevista de Gaievski a Veja, onde nega veemente ter feito sexo com as menores e acusa a promotora da cidade, o delegado, entre outros, e agora sua defesa confirmar o contrário e tentar colar o rótulo de prostitutas na vítimas. É no mínimo irônico, para não dizer de mau gosto, ler na entrevista Gaievski afirmar que o delegado da cidade recebia propina de um motel para deixar rolar a “prostituição” e agora dizer que apenas usufruiu do mesmo serviço, só que prestado por garotas menores de 14 anos.

Ao ser indagado na mesma entrevista sobre o porquê de não apresentar as denúncias contra a promotora e o delegado, Gaievski afirma que estava aguardando apresentarem denúncia contra ele primeiro. Mas espere! Quer dizer que ele afirmava ter provas de diversos crimes e, no entanto, só os denunciaria caso fosse processado, ou seja, só denunciaria os supostos crimes para tentar beneficiar-se? E ainda disse que tem “honradez”, só falta descobrir onde ele escondeu essa tal “honradez” que está impossível de encontrar.

Pergunto de novo, como Gaievski pode ser (sic) “vítima” de uma perseguição promovida por servidores da cidade cujo prefeito (do mesmo partido) foi eleito por ele e é sogro de seu filho?

Enquanto tudo isso ocorre, Gleisi continua sua campanha para censurar a mídia e impedir que o caso tenha a devida exposição pública, pois certamente contaminará ainda mais sua candidatura ao Governo do Paraná e o PT continua pagando por advogados de primeiro escalão para tentar livrar a cara de Gaievski, pois este sinalizou mais de duas vezes que seu plano b é a delação premiada; abrindo a boca sobre o caixa 2 do partido.

Será que todo o aparato de segurança utilizado para levar Gaievski da prisão ao fórum e vice versa era para protegê-lo de possíveis manifestantes e da vingança de amigos e/ou parentes das vítimas? Ou tem a ver com ele não querer ser o próximo Celso Daniel, conforme afirmou ao partido, devido a saber muito sobre o Caixa 2 do PT e estar disposto a utilizar tal conhecimento para diminuir a própria desgraça?

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

Ucho.info – http://ucho.info/testemunha-relata-em-juizo-que-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-hoffmann-fez-sexo-oral-com-menina-de-5-anos

Site do Fabio Campana – http://www.fabiocampana.com.br/2013/09/advogados-de-gaievski-adotam-estrategia-de-acusar-meninas-de-prostitutas/

Jornal de Beltrão – http://www.jornaldebeltrao.com.br/policiais/com-forte-aparato-de-seguranca-gaievski-vai-ao-forum-para-audiencia-com-testemunhas-142136/

Veja – http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/eduardo-gaievski-acusado-de-abusar-de-menores-eu-sou-a-vitima

Ucho.info – http://ucho.info/ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-da-show-de-arrogancia-em-audiencia-desafia-juiz-e-diz-ser-preso-politico

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Gleisi Hoffmann, PT e o desespero para “livrar” Eduardo Gaievski

Da série: “Gaievski – O Monstro da Casa Civil”

gaievski

O monstro da Casa Civil ao qual se refere este artigo é o ex-assessor “especial” da Ministra Chefe Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao Governo do Paraná nas eleições deste ano.

Gaievski é acusado de 40 crimes sexuais, dentre os quais 26 estupros contra menores de idade, um estuprador/pedófilo em série. Os demais estão relacionados à utilização da máquina estatal para obter favores sexuais. O mais chocante é saber que dos 26 estupros, pelos quais Gaievski é acusado, 17 são contra “vulneráveis”, ou seja, menores de 14 anos.

No entanto, os conhecimentos internos de Gaievski sobre o PT e a própria Gleisi Hoffmann faz com que estes dois tentem desesperadamente livrá-lo da cadeia; onde inclusive teme ser assassinado. Tanto teme a própria morte que disse: “Não serei um novo Celso Daniel”, em alusão ao prefeito petista de Santo André, assassinado em 2002, e sobre o qual se descobriu haver participação em um esquema de corrupção para desvio de verbas com destino ao financiamento da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto.

Os advogados de Gaievski lhe garantiram que passaria o Natal em sua casa, porém isso não ocorreu e seu filho, André Willian Gaievski, foi preso junto com o secretário de Administração da prefeitura de Realeza (Estado do Paraná), Fernandes da Silva Borges. Ambos foram presos em flagrante por compra de testemunhas, estando na companhia das mães de duas das vítimas de estupro. Todos se encaminhavam para registrar depoimentos inocentando Gaievski, na cidade de Francisco Beltrão (PR).

Foram encontrados R$1 mil com cada e as investigações posteriores revelam que o dinheiro era apenas um “sinal” e que muito mais seria entregue às mães durante o julgamento de Gaievski e caso este fosse inocentado. Pergunto-me como duas mães podem aceitar dinheiro, ou qualquer outra coisa que não fosse a punição, do agressor sexual de suas filhas (menores)? Não me venham com “situação social”, pois pobreza não justifica mau caráter, inclusive, este é encontrado com bem mais frequência em figurões como Gaievski.

Ora, se é “inocente”, porque comprar testemunhas? Vai dizer que existe um complô contra si e que és mais um preso político em um país governado há 11 anos pelo partido ao qual representa? Complô do próprio partido que tenta desesperadamente livrá-lo e teme que a candidatura de Gleisi Hoffmann seja ainda mais prejudicada? Claro que não! Isso sequer foi balbuciado por Gaievski, pois até ele sabe que não “colaria”.

Se os advogados não conseguiram juntar Gaievski à sua família para um Natal em casa, ao menos o ex-assessor de Gleisi poderá desfrutar da companhia dos familiares na prisão, pois seus irmãos, Edmundo Rafael e Francisco Romano Gaievski, têm mandados de prisão expedidos contra si pela Justiça da Comarca de Realeza (PR) e estão foragidos. Os motivos para prisão são os mesmos de André Willian e Fernandes Borges: tentativa de compra de testemunhas, com um “agravante”, tentavam coagir aqueles que não aceitam serem comprados. Tudo isso em nome do “inocente” irmão?

Para todas essas operações “brotaram” R$600 mil (aproximadamente), os quais a Polícia e o Ministério Público não conseguiram estabelecer ainda a origem, classificando-os como “recursos não contabilizados”. A suspeita é que o dinheiro foi levantado com ajuda de parentes e, principalmente, da utilização de influência por Gleisi Hoffmann e o PT.

Esqueci de mencionar que Gaievski foi prefeito de Realeza (PR) por dois mandatos consecutivos e conseguiu eleger seu sucessor. Com tal “sucesso” obtido, era considerado uma estrela em ascensão dentro do PT, no Paraná, o que o levou à Casa Civil, trazido pela Ministra Gleisi Hoffmann, desejosa de fortalecer suas candidatura ao Governo do Paraná em 2014. O tiro saiu pela culatra e agora Gaievski prejudica a imagem de Gleisi, que vem perdendo pontos na corrida ao Palácio Iguaçu (sede do Executivo do Paraná).

Outro fato alarmante, o atual prefeito de Realeza (eleito com a ajuda de Gaievski), Milton Andreolli (PT), tem atuado ativamente na operação petista para livrar Gaievski, através de ameaças e blindagem oficial. Entre suas ações estão o não comparecimento ao julgamento do qual é testemunha de defesa, conseguindo adiamento, concessão de 2 anos de licença a Fernandes Borges após sua prisão e ameaças ao aposentado João Pontes, que reside em terreno da prefeitura de Realeza e foi notificado para desocupar o imóvel em no máximo 30 dias (em dezembro/2013) após se recusar a retirar a queixa contra Gaievski pelo estupro de sua neta.

Detalhe: a filha de Andreolli namora o filho de Gaievski, Andre Willian, que como já informado está preso por tentativas de intimidação e corrupção de testemunhas. Ainda sobre Andre Willian, os irmão Edmundo e Francisco e Fernandes Borges recaem as acusações por formação de quadrilha e falsidade ideológica.

É também aviltante (no mínimo) a tese da defesa de Gaievski de que meninas de 12 estão aptas a se defender de agressores sexuais e “possuem maturidade precoce para evitar qualquer constrangimento ilegal por parte do acusado”. Claro, elas são tão fortes, aptas e maduras quanto um homem forte, pedófilo e bem mais velho, certo? Só na tese absurda da defesa. Que tal ouvirmos o áudio no qual Gaievski conta a amigos como tirou a virgindade de uma menor (detalha um dos estupros)? Basta clicar aqui, se tiver estômago (falarei mais disso em post futuro).

Gaievski afirma também que conhece muito bem o caixa 2 do PT e sinaliza com a possibilidade de utilizar tal conhecimento em seu favor durante o julgamento, tentando uma “delação premiada”, onde no mínimo sua pena será menor do que os 400 anos aos quais pode ser condenado. Esse fato desespera ainda mais o partido e coloca Gleisi em uma posição extremamente difícil, sob pressão de todos os lados.

O desespero é tão grande, que Gleisi Hoffmann tem feito extensa campanha de censura contra a mídia e todos aqueles que ousam falar sobre o assunto. Um dos seus principais alvos é o site Ucho.info (onde obtive muitas das informações deste arquivo) com processo ao já conhecido estilo esquerdista do “Não gostei, vou processar”, ou “Como ousa noticiar os fatos? Vou te processar”.

De Ministra Chefe da Casa Civil e forte candidata ao Palácio Iguaçu, Gleisi assume a personalidade autoritária, egocêntrica e censora. É esse perfil que o cidadão paranaense deseja no Governo do Estado?

Contudo, pequena parte da mídia tem batido no assunto, pois infelizmente muitos de meu colegas são covardes, idiotas úteis, ou adeptos do “mau caratismo”, indivíduos sem ética que se vendem por dinheiro, favores e/ou falso enaltecimento pessoal e profissional.

O autoritarismo censo de Gleisi Hoffmann e do PT também colabora com o abafamento do caso. Mesmo assim Gleisi e o PT têm perdido esta batalha contra tudo e todos para “inocentar” Gaievski, na qual vale tudo: corrupção, ameaças, fraudes, violação de direitos, censura, coação e o que mais vier. Tudo em nome do projeto de poder, jamais dos cidadãos, muito menos das meninas violentadas, pois estes não valem nada, só o voto, que não se furtam em obter através dos mesmos meios utilizados até agora no caso Gaievski.

Inclusive! A Ministra parece gostar de escolher criminosos para assessores, pois indicou o ex-vereador de Londrina (PR), Gláudio Renato de Lima, para assumir a tesouraria do diretório do PT no Paraná. Gláudio também foi a escolha de Gleisi para assessor parlamentar no Senado, em 2011. E qual o problema? Bem, talvez o fato de que Gláudio Renato de Lima foi condenado à 9 anos e 10 meses de prisão por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e concussão, em 2012.

Quem escolhe alguém com esse histórico para governar seu Estado está compactuando com o modus operandi nefasto que aqui foi exposto. Espero que não seja esse o caso dos paranaenses e que o monstro da Casa Civil, Eduardo Gaievski, junto com seus comparsas, seja condenado e punido pelos seus crimes e tenha um único ato de decência em vida: dizer o que sabe sobre o caixa 2 do PT, para desespero dos idiotas úteis e corruptos e benefício do cidadão brasileiro.

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

Gazeta do Povo:

1 – http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?id=1426885

2 – http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?id=1419346

Ucho Info:

1 – http://ucho.info/operacao-fracassada-para-libertar-gaievski-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-hoffmann-teria-utilizado-caixa-2

2 – http://ucho.info/decretada-prisao-de-irmaos-de-gaievski-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-por-coacao-de-testemunhas

3 – http://ucho.info/com-predilecao-por-assessores-enrolados-gleisi-indica-condenado-para-tesoureiro-do-pt-do-parana

4 – http://ucho.info/ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-pode-fazer-delacao-premiada-e-contar-o-que-sabe-sobre-o-caixa-2-do-pt

5 – http://ucho.info/entenda-porque-gleisi-hoffmann-a-incompetente-ministra-da-casa-civil-tenta-calar-o-editor-do-ucho-info

Site do Fabio Campana:

1 – http://www.fabiocampana.com.br/2013/11/gaievski-contrata-mattar-assad-e-quer-passar-o-natal-em-casa/

2 – http://www.fabiocampana.com.br/2013/11/gaievski-e-acusado-de-estupro-em-depoimento-de-adolescentes/

Implicante.org – http://www.implicante.org/blog/a-cocaina-e-o-estupro-de-menores/

Jornal Liberal –  www.liberalonline.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2548:concluida-nova-audiencia-do-caso-gaievski&catid=39:policial&Itemid=58

Boca Maldita – http://www.bocamaldita.com/1119792961/gaievski-e-a-blindagem-oficial/

Youtube – Áudio de Eduardo Gaievski detalhando um dos estupros – http://www.youtube.com/watch?v=RHrYIHKASlU&feature=share

12 Comentários

Arquivado em Uncategorized