As falsas promessas da Ministra Dilma Rousseff

Dilma_Rousseff-Ministra

Antes de ser presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT) já estava acostumada a fazer promessas que não sabia se poderia cumprir, ou que sabia que não poderia. A prova disto está em suas falas em 03 de junho de 2009, publicadas pelo portal G1.

Nessa matéria, Dilma (então Ministra da Casa Civil) promete que o trem bala estará pronto pelo menos no trecho São Paulo – Rio de Janeiro e funcionará antes da Copa do Mundo de Futebol de 2014. Também diz que o Governo Federal não investirá em Estádios, sendo que todo investimento será proporcionado pela iniciativa privada (note-se que o Governo Federal construiu Estádio e investiu por decisão própria na reforma de Estádios, sem permitir as menores condições à iniciativa privada de atuar nessa área). Por fim, também disse que os “investimentos” da União seriam exclusivamente para mobilidade urbana.

Bem, estamos em 2014, sem trem bala, que mesmo sem sair do papel torrou até 2013 R$1 bilhão e seu custo que inicialmente seria de R$12 bilhões já está estimado em R$38 bilhões. São R$38 bilhões para construir uma linha férrea e um trem que vá de Campinas ao Rio de Janeiro. Mas será “muito rápido”. Esse valor é correspondente a mais da metade do orçamento do Ministério da Educação em 2013 (R$73 bilhões). Claro, que é um dinheiro que gastariam durante alguns anos, enquanto o MEC gasta isso em um ano, mas não deixa de ser absurdo gastáramos mais de metade do orçamento de um ano do Governo Federal para a Educação na construção de um trem bala. Então esse dinheiro deveria ser revertido para a Educação? Não! Deveria não ser gastado e entrar na redução dos gastos públicos que impulsionam a dívida à estratosfera e servem de desculpa para o Estado aumentar impostos e intervencionismo no Brasil.

Mas voltando ao tema! Só o Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), custou mais de R$1 bilhão aos cofres públicos. Onde está o dinheiro da iniciativa privada? Também, que empresa é louca o suficiente para investir o próprio dinheiro na construção da Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), aonde a média de público do campeonato local mal chega aos 2 mil pagantes? Que empresário toparia investir em Estádios no Brasil, tendo que enfrentar uma série de regulamentações que atrasam as obras e elevam os custos, além de aguentar o Estado dizendo como deve gerir seu empreendimento? Ainda mais visando um evento e nada mais!

Se fosse um dono de clube/time, como no caso do Gonçalense, do Rio de Janeiro, que terá um Estádio padrão FIFA, para 43 mil pessoas, com instalações modernas e mais seguro que os da Copa do Mundo, por um custo provável de no máximo R$100 milhões (pois são três fases, sendo que já estão na segunda e nela serão investidos R$30 milhões, logo, na terceira não deve haver um investimento que equipare ao custo dos Estádio da Copa e que sequer chegue ou ultrapasse muito os R$100 milhões), tudo financiado pela iniciativa privada, aí valeria a pena investir e arcar com as burocracia, regulamentações, etc, pois há um projeto sério, visando o longo prazo e não apenas um evento que dura um mês.

Quanto à mobilidade urbana… Oras, acredito que uma breve análise da experiência diária de cada brasileiro para se locomover, principalmente nas grandes cidades, pode responder bem esta questão e mostrar que é mais uma promessa não cumprida por Dilma (que disse ser de responsabilidade de Estado e Municípios apresentar os projetos à União, ora, prometeu resultados pelos outros sem nem ter projetos em mãos?). Na dúvida, pergunte aos cariocas e fluminenses que ficarão sem ônibus nos dias 14 e 15 de maio de 2014.

É, Dilma! Aceita um conselho? Não faça promessas que não sabe se poderá cumprir, muito menos as que sabe que não conseguirá cumprir, pois ao ter a primeira atitude mostra que és despreparada e incompetente e ao ter a segunda demonstra mal caratismo e pouco caso com o cidadão brasileiro, que é extorquido mediante coerção estatal a qual chama de impostos e enganado por falsas promessas ou mentiras propositais.

Roberto Lacerda Barricelli é Jornalista

Fontes:

G1 (03/06/2009) –http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL1181261-9356,00.html

O Globo (13/08/2013) – http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2013/08/13/trem-bala-triplicou-de-preco-desde-que-comecou-ser-pensado-506763.asp

Opinião & Notícia – http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/trem-bala-brasileiro-e-o-mais-lento-do-mundo-nao-sai-do-papel/

Folha de São Paulo (03/07/2013) – http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/07/1305425-trem-bala-custa-o-mesmo-que-novos-aeroportos-e-rodovia-entre-rj-e-sp-diz-epl.shtml

Agência Brasil – http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-05/rodoviarios-farao-greve-de-48-horas-partir-de-amanha

Globo Esporte – http://globoesporte.globo.com/rj/serra-lagos-norte/noticia/2014/05/clube-da-serie-c-do-rio-apresenta-projeto-de-estadio-para-43-mil-pessoas.html?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=globoesportecom

UOL Esporte – http://copadomundo.uol.com.br/cidades-sede-e-estadios/2014/estadios/

Portal do Ministério da Educação (MEC) – Despesas e Orçamento 2013 –http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17656&Itemid=1168

Portal da Transparência do Governo Federal – Gastos Diretos por Órgão Executor 2013 – http://www.portaldatransparencia.gov.br/PortalComprasDiretasOEOrgaoSuperior.asp?Ano=2013&Valor=10146405185972#

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “As falsas promessas da Ministra Dilma Rousseff

  1. fabianosobreira

    Ela está prometendo vencer as eleições. Espero que não cumpra essa promessa também, apesar de ter colocado o advogado particular de seu partido na cadeira de presidente do TSE, como pode ser visto neste artigo de hoje no G1: http://glo.bo/1nJuG3V

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s