A esquerda e a Luta de Classes (III) – Origem das “minorias oprimidas”

classe

Quando Karl Marx desenvolveu sua principal pseudoteoria (o comunismo) era necessário o fomento de uma luta de classes para que fosse implantada. Para tanto, Marx dividiu a sociedade entre exploradores e explorados, ou seja, entre os donos dos meios de produção (empresários/empreendedores atualmente) e os trabalhadores, sendo este último grupo chamado de proletariado.

Após, Marx desenvolveu teorias que incitassem a raiva no proletariado contra os donos dos meios de produção. Estava pronta a luta de classes. Veja, para a implantação do comunismo/socialismo é necessária a cisão da sociedade e Marx sabia disso, tanto, que escreveu: “para o advento do verdadeiro socialismo será necessário exterminar umas tantas raças inferiores”.

Para essa cisão da sociedade é necessário uma ampla massa de manobra que apóie os “líderes revolucionários” e sirva de base para a “nova sociedade”.

Bem, como todas as experiências comunistas falharam miseravelmente, deixando um rastro genocida pelo caminho, e os trabalhadores ascenderam de condição social e financeira devido ao aumento da geração de riqueza, especializações, tecnologia, aumento da produção, distribuição da renda através da geração de empregos, remunerações maiores devido a necessidade de qualificação da mão de obra, etc, não só o proletariado deixou de existir, como surgiu a “classe média”, que para Marx seria uma aberração, ou no mínimo justamente o oposto do que ele previu (o aumento dos lucros dos capitalistas através da exploração do proletariado que se tornaria uma classe de miseráveis devido ao aumento do custo de vida e a diminuição da renda consequente de tal exploração).

Ora, a renda dos trabalhadores aumentou, a “exploração predatória” só existe nos países socialistas/comunistas, ou adeptos de teorias da esquerda como social-democracia, fascismo, nazismo, social-coporativismo e estatismo e a mais valia foi refutada não só por pensadores, mas pela própria realidade. Como os trabalhadores melhoraram de vida, ao contrário do “previsto” por Marx, logo, não há interesse deles em apoiar iniciativas que vise coletivizar e retornar todos ao nível de antes, ou abaixo, através da maléfica igualdade social, que só pode-se alcançar se nivelada por baixo e torna uns mais iguais que outros, com uma elite governamental abastada e o povo miserável.

Os comunistas/socialistas perderam sua massa de manobra e, portanto, era necessário criar outra(s). É neste momento que surgem as “demandas de grupos oprimidos”, ou como são mais conhecidas, as minorias oprimidas (as mascotes da esquerda). A esquerda abraçou supostas “causas sociais” e se colocou acima de tudo e de todos como única defensora destas e detentora do monopólio de todas as virtudes. Logo, se você discordar de um acento que seja do que for falado por um esquerdista, então, você é um “inimigo” da sociedade. Isso na cabeça deles, claro.

Os negros passaram a ser tratados como coitadinhos incapazes de conseguir algo na vida por culpa do homem branco opressor. A mais pura e clara expressão do racismo, pois taxam os negros como se fossem incapazes só pelo fato de serem negros. As desculpas da escravidão, apartheid e tantas outras, não passam disso: desculpas. Ora, todos os povos do mundo passaram por escravidão, divisão social, guerras, destruição, etc, e nem por isso são considerados “oprimidos” e incapazes.

Porque os negros não teriam a mesma capacidade de passar por cima dessas mazelas e se erguerem? Porque é “recente”? Ora, e o Holodomor não é recente? O Holocausto não é recente? A Grande Fome da China Maoísta não é recente? O que não falam é que no Brasil a escravidão foi abolida no século XIX e não se pode culpar a algo que ocorre há 100 anos pela situação do negro no Brasil do século XXI.

A África é dominada há décadas por regimes socialistas repressivos que sugam os povos até o osso e depois pedem socorro internacional, para sugarem mais. Fora que se toda vez que alguém estiver em apuros, outro salvar essa pessoa, então, ficar em apuros deixa de ser um problema e pode até se tornar uma solução.

Mas não são apenas os negros, pois as mulheres e os gays também são considerados integrantes das “minorias oprimidas”. A mulher é oprimida pela sociedade patriarcal opressora e os gays pelos malditos héteros homofóbicos defensores da maldita estrutura familiar. São essas as definições da esquerda para atrair suas mascotes e incitar-lhes o ódio aos demais.

Está aí a implantação da luta de classes: gays x héteros, negros x brancos, mulheres x homens, feministas boazinhas x machistas opressores, pobres x ricos, etc. E, claro, esquerdistas x todos os demais. Pois não adiante você estar em uma classe considerada “minoria oprimida” se você não for de esquerda.

Através dessa divisão social e da doutrinação dessas “minorias oprimidas” pela esquerda temos o fomento da luta de classes e a abertura para a implantação do socialismo/comunismo. Portanto, do fim do proletário e da ascensão dos trabalhadores, surgiu a necessidade de inventarem uma nova massa de manobra. Bem, acabaram por inventar várias.

O mais interessante disso tudo é que se somarmos todas essas “minorias” termos a maioria; uma maioria disforme, alienada e doutrinada, que se acha minoria, que faz de tudo para impor as próprias vontades e conceitos, mas se acha oprimida.

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

Blog Casa Mata – http://blogcasamata.blogspot.com.br/2009/02/ditador-comunista-mugabe-compra-mansao.html

Blog do Rodrigo Constantino – http://rodrigoconstantino.blogspot.com.br/2008/06/zimbbue-mais-uma-desgraa-comunista.html

Livros:

O Capital – Livro I (Karl Marx)

O Manifesto Comunista (Karl Marx)

Teoria de Exploração do socialismo/comunismo (Eugen Böhm-Bawerk)

O Caminho da servidão (Friedrich Hayek)

O Livro Negro do Comunismo (Jean-Louis Panne, Andrzej Paczkowski, Nicolas Werth, Jean-Louis Margolin, Karol Bartosek e Stéphane Courtois)

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

6 Respostas para “A esquerda e a Luta de Classes (III) – Origem das “minorias oprimidas”

  1. Adao Machado de Menezes

    Olá !

    Gostaria de disponibilizar link para pessoas da minha relação. Posso fazê-lo ? Se positivo, como?

    Att   A. Menezes

  2. claudio

    Texto e pensamento falsificados. Parei na citação fantasiosa de Marx: “para o advento do verdadeiro socialismo será necessário exterminar umas tantas raças inferiores”. Onde ele escreveu isso? Marx é racista agora? Quantas mentiras num só artigo.

    Claudio

    • Ele escreve isso no Manifesto Comunista e depois faz referência em cartas, que Engels transformou em livros.

      Sim, Marx é racista e se você não sabia disso, então é porque nunca leu Marx, ou leu e finge que não sabe. Assim como Che Guevara era racista.

      “A sociedade está prestes a presenciar uma revolução silenciosa, a que deve ser submetida e da qual não deve haver notícia alguma acerca da realidade humana tal qual o terremoto faz com relação às casas, ante ao seu terrível poder de destruição. As classes e as raças, fracas demais para dominar as novas condições de vida, devem ser submetidas à dominação”. (“Forced Emigration,” New York Daily Tribune, March 22, 1853)

      “Os negros, os mesmos magníficos exemplares da raça africana que mantiveram sua pureza racial graças ao pouco apego que têm ao banho, viram seu território invadido por um novo tipo de escravo: o português […] O desprezo e a pobreza os unem na luta cotidiana, mas o modo diferente de encarar a vida os separa completamente; o negro indolente e sonhador gasta seu dinheirinho em qualquer frivolidade ou diversão, ao passo que o europeu tem uma tradição de trabalho e de economia que o persegue até estas paragens da América e o leva a progredir”. (CASTAÑEDA, 2006, p.75; KALFON, 1998, p.87)

      Mentiras? Isso mostra o quão ignorante é você. Ou será que és só um desonesto intelectual como muitos que há por aí, que chamam de mentirosos aqueles dos quais discordam, sem apresentar qualquer argumento, fato, prova, fonte, análise lógica e racional, que corrobore tal acusação?

      Você diz que é mentira, mas não apresenta nada para corroborar sua acusação, pois não tem embasamento algum para isso e teria que contar mentiras para isso, que obviamente seriam desmascaradas aqui.

      Não há mentiras no texto, você que não tem conhecimento algum, ou tem e mente (irônico).

      Vai estudar e tenha um mínimo de honestidade antes de comentar, assim evita ter sua tática de erística (muito velha e inútil) que consiste em acusar o outro daquilo que você é sem apresentar nada que corrobore a acusação, e não passará mais vergonha.

    • Calmon

      Invariavelmente todo comunista e Analfabeto do PT (desculpe o pleonasmo), responde sempre com esse mesmo clichê ” ahh… parei de ler em…” Numa espécie de psicose apedeuta coletiva esquerdista que impede-o de querer aceitar a verdade, é parecido com o caso do sujeito que é estuprado e ato contínuo se apaixona pelo estuprador, Arghhh… As vezes a ignorância para essa gente é uma bênção!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s